quinta-feira, 13 de abril de 2017

Leituras do Trimestre - ebooks

Queria fazer um post sobre tudo o que li nesse primeiro trimestre, mas foi bastante coisa (\o/ YAY) especialmente comparando com o total geral dos últimos anos, e achei que o post ficaria muito grande. Então vou comentar rapidinho aqui o que li no meu Kobo nos primeiros meses do ano, e volto depois pra falar mais das minhas outras leituras :)


O Adulto - Gillian Flynn
[The Grownup - 2015]
Editora Intrínseca - 2016
64 páginas

Acompanhamos a protagonista-narradora, uma mulher cuja vida a levou a trabalhar tirando vantagem das pessoas de uma forma ou outra. Quando ela passa a fingir ter o dom de vidente, se depara com o trabalho em uma casa amaldiçoada. É um conto nos mesmos moldes dos romances que já li da Gillian Flynn - você não sabe exatamente em quem confiar, e as coisas muito provavelmente não são bem o que parecem. Gostei bastante da história e das reviravoltas, mas não muito do final.

Teaching My Mother How To Give Birth - Warsan Shire
flipped eye publishing limited - 2011
38 páginas

Apesar de gostar muito de poesia, tenho dificuldade em encontrar poetas contemporâneos com os quais consigo estabelecer uma conexão grande com a obra - o último a ter o impacto que gosto de encontrar em poesia em mim foi o maravilhoso Richard Siken e seu livro Crush.
Assim como meio mundo, conheci a obra de Warsan Shire por causa do visual album Lemonade, da Beyoncé, e resolvi pegar esse livro pra ver o que achava. Gostei da grande maioria dos poemas, ainda que tenha sentido dificuldade em me conectar em um nível mais pessoal com as experiências sobre as quais ela escreve. Mas, no geral, valeu bastante a leitura - diferentemente da decepção proporcional ao hype que foi pra mim a leitura de Milk and Honey, da Rupi Kaur.

Salem - Stephen King
['Salem's Lot - 1975]
Editora Suma de Letras - 2013
464 páginas

Fui para essa leitura meio sem saber o que me esperava, e só depois de já ter começado soube que é um reconto de Drácula. Ou seja, é um livro de vampiro. Ou seja, só Stephen King mesmo pra me fazer ler um livro de vampiro.
Na história, acompanhamos um escritor que volta à cidade que passou sua infância para que pudesse escrever seu novo livro, e também exorcisar uma experiência traumática do seu passado. Tudo começa a ficar estranho após o desaparecimento de duas crianças, e da chegada de um outro forasteiro à cidade.
Foi uma leitura diferente das outras do King pois, mesmo ele sendo MUITO prolixo, o texto dele não costuma me cansar. Nesse, entretanto, o excesso de personagens e descrições fica massante em algumas partes, e foi o maior ponto negativo do livro. Ainda assim, é uma leitura que gostei bastante de fazer, especialmente porque estava com saudade de ler Stephen King. E, só como um adendo, é um dos poucos da febre do A Hora Do... dos anos 80 que merecia o título traduzido original que teve, A Hora Do Vampiro.

Vocês já leram algum desses, ou se interessaram? E quais foram suas leituras nesse começo de ano?